quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

NOTA DE REPUDIO



É inadmissível que em pleno seculo XXI ainda sermos surpreendidos com os fantasmas do passado com praticas do coronelismo Baiano,marca registrada de épocas da imprensa baiana.A de se imaginar que já estávamos livres com o surgimento  da evolução tecnológica e das mais variadas ferramentas de captação e disparos  automáticos que,  certamente causaria  intimidação e brecagem as costumeiras agressões sofridas por trabalhadores  da comunicação.

Infelizes ainda somos nós profissionais da comunicação ,onde as desgraças do passado continuam  se proliferando no estado da Bahia e gerando descendências, só mudam os personagens das barbáries praticadas contra a imprensa baiana,  independente do veiculo, sejam de emissoras de rádios ou TVs , jornais,ou mídias alternativas.O justiceiro da vez foi o "advogado  José Caetano" da cidade de Saúde,ofendido com a publicação de uma nota na radio PAIAIÁ FM pelo Radialista Ribeiro Souza. O advogado acompanhado de capangas invadiu a residencia do Radialista agredindo-o com socos e ameaças a seus familiares da forma mais covarde. 

Na contra mão da profissão e no caminho do desrespeito as normas  dos seus princípios por ter jurado a garantia e a  preservação da ordem em defesa da cidadania, rasgou todos os conceitos constitucionais impondo sua própria Lei determinando o grau da  acusação , sem da direito a defesa ,e determinou o  jurgamento e o castigo pela condenação por conta própria .

Não as  impunidades!,não as opressões !,não aos chicotes !,chega de coronéis porque ,não precisamos de justiceiros na comunicação!!.


COORDENAÇÃO DO  SINTERP/BA


Saúde:Radialista é agredido por advogado com soco no olho





Advogado teria ameaçado radialista.

Fonte: RF NOTÍCIAS - Jornalismo em Defesa do Povo



Por volta das 22:h Horas deste domingo (22), o Radialista e jornalista Ribeiro Sousa da rádio Paiaia FM e Diretor do site RF NOTÍCIAS, foi agredido com socos no olho, no interior de sua residência pelo Advogado Dr. Joel Caetano da Silva Neto acompanhado de mais dois Homens, um identificado como Zé Altiva, que após a agressão lhe fizeram ameaças de morte.

O fato ocorreu em consequência do radialista der denunciado no Jornal a Hora da Verdade, que o mesmo apresenta na Rádio Paiaia FM, que o referido advogado vinha cobrando 3.500 Reais para aposentar idosos, sendo que, os beneficiados teriam que tomar um empréstimo consignado do valor acordado para quitar a dívida, apesar de ter feito a denúncia no Jornal, o radialista não teria citado nome do advogado por estar investigando a denúncia. Ocorre que um dos clientes do advogado é a senhora Eunice Alves dos Santos que é sogra do jornalista Ribeiro Sousa.

A postura do advogado em cobrar valores altíssimos para encaminhar aposentadoria e forçar os idosos a tomar empréstimos, vem ocorrendo a mais de 03 Anos na Cidade de Saúde e Região, de acordo com a investigação feita pelo radialista que ouviu de alguns aposentados. A imposição arbitrária do advogado, faz com que o aposentado fique endividado pagando o dobro do valor cobrado pelo serviço. De acordo a Lei que rege honorários advocatícios, o advogado teria de cobrar somente 20% do valor do benefício, em primeira instância, podendo chegar a 30% em instâncias superiores.

Agressão pelo advogado Dr. Joel Caetano da Silva Filho Neto contra o radialista Ribeiro Sousa é mais uma tentativa brutal de tentar calar a voz da imprensa que age em defesa do cidadão.

A Polícia Militar foi acionada que prestou socorro ao radialista Ribeiro Sousa que foi atendido no Hospital Municipal de Saúde onde foi medicado. Nesta Segunda Feira será registrado boletim de ocorrência na delegacia local e na 16º Coorpin em Jacobina, onde será instalado inquerido policial. O fato também será denunciado em toda imprensa baiana, na secretária Estadual de Segurança Pública e comissão de Direitos Humanos do estado da Bahia. Além do radialista os agressores chegaram a agredir seu filho de 15 anos e fizeram ameaças contra toda sua família. 

Um comentário: